Satélites

[News Sat][slideshow]

Tv Paga

[Tv paga][grids]

Tv Aberta

[News Tv][btop]

Apple mata tecnologia de 45 anos em novo MacBook Pro

Tim Cook apresenta a nova geração do MacBook Pro em outubro de 2016
“É louco ter uma tecnologia de 45 anos por perto.” Foi assim que a Apple iniciou sua explicação sobre uma das mais importantes mudanças do novo MacBook Pro.

Assim como rumores já apontavam, o notebook da Apple agora virá com uma barra de controle interativa acima do teclado. O local é onde ficavam as tradicionais teclas de função. De acordo com Phil Schiller, executivo da empresa, a tecnologia de décadas de idade já não faz sentido.

“Que tecnologia podemos fornecer para melhorar a experiência de uso do nosso notebook?”, foi a pergunta que engenheiros da Apple se fizeram.

O resultado disso é a Touch Bar, uma pequena barra de tela sensível ao toque. Em resumo, a barra se adapta trazendo funções que sejam convenientes de acordo com cada aplicação que estiver sendo usada.

Nas demonstrações realizadas no palco, foi possível ver como ela funciona dentro de programas como Safari, E-mails ou Fotos–todos da própria Apple.

No Safari, por exemplo, é possível dar comandos como voltar ou avançar de página. Dentro do E-mails, ela assume diferentes funções dependendo de onde o usuário estiver.

Enquanto preenche os destinatários, é possível ver sugestões e selecionar endereços de e-mail ali. Enquanto se escreve a mensagem, é possível ativar funções como texto itálico ou negrito.

Em resumo, a Touch Bar servirá para evitar que seja necessário usar o cursor do mouse ou atalhos de teclado para a realização de pequenas ações.

TouchID

No canto extremo direito, está presente um sensor TouchID—muito parecido com aquele que ocupa o botão iniciar de iPhones e iPads. O botão tem cobertura de cristal de safira, o que promete resistência e durabilidade. Ele serve para fazer leitura de impressões digitais.

Será possível destravar o MacBook Pro usando digitais em vez de senhas, por exemplo. Também será possível autorizar compras em aplicações que sejam sincronizadas com o TouchID.

Fonte: Exame

Nenhum comentário: